Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Amor e gratidão - 1

Domingo, 17.04.11

 

Coloquei desde sempre estes sentimentos essenciais no topo de todos os outros: amor e gratidão. E não apenas em relação às pessoas que comigo coincidiram num espaço-tempo, desde os mais próximos, os que primeiro amei e conheci (ou pensei conhecer). Também em relação à própria vida, só porque sim, respirar fundo quando se abrem janelas pela manhã, caminhadas entre árvores, o calor do sol primaveril na pele, a água tépida de um lago,  a luminosidade que se altera, os sons, os cheiros... 

 

Este é um exercício vital para todas as idades: passear em jardins botânicos, históricos ou actuais, organizados ou desordenados, voltar a fazer piqueniques, voltar a esse encontro com as coisas simples como preparar um lanche. Aqui voltarei com receitas, desta vez para lanches ao ar livre.

 

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 09:48


2 comentários

De P a 23.07.2011 às 08:11

«O pensamento produzido pelas elites intelectuais de Portugal é, de um modo geral, muito conservador. As raízes estão enterradas no passado, nas famílias da pequena aristocracia rural.

Nalguns casos, são apenas frases, violência gratuita, sem argumentos, meros desabafos mal educados. Noutros, pretensamente mais progressistas, imperam as ideias feitas, sem qualquer ligação à realidade possível.

É, em geral, uma produção feita por preguiçosos, a que se juntam os que apenas reproduzem o eco do que ouviram noutros sítios.

Existe, na verdade, um problema no que respeita à qualidade das nossas elites. Um país sem elites viradas para o futuro não pode progredir.»

De P a 23.07.2011 às 08:20

O meu comentário anterior (copy&paste) foi colocado neste artigo por engano. Deveria ter sido publicado no artigo "Coisas essenciais". Pelo engano peço desculpa.

Comentar post








comentários recentes



links

coisas à mão de semear

coisas prioritárias

coisas mesmo essenciais

outras coisas essenciais

coisas em viagem